sábado, 19 de novembro de 2016

Liberdade

Arriscaria dizer que somos nós os nossos próprios carrascos. Todos os grilhões que arrastamos todos os dias são nossos, apesar de a todos baptizarmos com outros nomes. Talvez a liberdade seja compreender que ser inconsequente é, na maior parte das vezes, afinal a maior das prudências.